Ana Luiza Lartigau

Dra Ana LuizaGraduada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
Especialista em Direito Público, com ênfase em Direito Administrativo e Constitucional, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul;

Aprovada no concurso Público de Ingresso à Carreira do Ministério Público do Rio Grande do Sul, tendo sido empossada em 1º de julho de 1986;

Promotora titular das comarcas de Igrejinha, Tramandaí e Canoas, tendo atuado também nas comarcas de Herval do Sul, Osório, Santo Antônio da Patrulha, Capão da Canoa, Torres, Gramado, Taquara e São Leopoldo (1986/1990);
Promovida para entrância final, em Porto Alegre, foi Integrante da Assessoria Jurídica do Procurador-Geral de Justiça (1991/1993);
Promotora titular da Vara de Registros Públicos (1994);

Promovida à Procuradora de Justiça em 1999;
Procuradora de Justiça titular junto à 3ª, 4ª, 17ª e 8ª Câmaras Cíveis do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (1999/2011);

Coordenadora da Procuradoria de Recursos do Ministério Público do Rio Grande do Sul (2011 a 2015);
Procuradora de Justiça titular junto à 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul; (2015);
Integrante do Departamento Jurídico do Grêmio Foot-Ball Portoalegrense (2001/2002);
Membro e Secretária Executiva do GAP (Grupo de Acompanhamento de Processos nos Tribunais Superiores), órgão integrante do CNPG (Conselho Nacional dos Procuradores GeraiS – 2011/2015);
Professora de Direito Administrativo e Processo Civil na Universidade Luterana do Brasil (ULBRA -1993/1995);
Professora de Direito Registral em vários cursos promovidos pelo Colégio Notarial (2000/2004);
Professora de Direito Administrativo e Processo Civil no CETRA (Centro de Estudos do Trabalho -2005/2006);
Integrante, na qualidade de examinadora de Processo Civil, da Banca de Concurso Público para Assessor Área do Direito – de Nível Superior do Ministério Público do Rio Grande do Sul, ainda em andamento;
Organizadora e Coordenadora do Seminário “O STJ Hoje – Dificuldades e Desafios”, tendo por palestrantes os Ministros Sebastião Reis Júnior e Ruy Rosado de Aguiar Júnior (2014);
Palestrante no Ministério Público do Espírito Santo – Tema: O prequestionamento nos Recursos Extraordinários (05/2015);
Palestrante no Ministério Público do Espírito Santo – Tema: O Novo Código de Processo Civil e as alterações no sistema recursal brasileiro.